Publicidade 3
Fiat Jelta – 970×120
Polícia

Acusado de assassinar mototaxista de Picos vai a Júri Popular

Publicidade 5

O motorista Francisco Manoel da Silva, vulgo Chico Porém, de 61 anos de idade, será submetido a julgamento pelo Tribunal Popular do Júri da Comarca de Picos na próxima terça-feira, 6 de novembro. Ele é acusado de assassinar o mototaxista Edilson Virgulino Neto, 28 anos, crime ocorrido no início da noite de 7 de maio de 2004, na zona rural de Santana do Piauí.

Segundo as investigações da Polícia, o crime fora cometido por ciúmes. Casado e pai de cinco filhos, o acusado mantinha um relacionamento extraconjugal com Francisca Jovita de Lima, conhecida como Tica Verdureira.

Chico Porém é acusado de homicídio duplamente qualificado. - Foto: Portal o Povo
Chico Porém é acusado de homicídio duplamente qualificado. – Foto: Portal o Povo

Esta, no entanto, vinha mantendo um relacionamento amoroso com um mototaxista identificado apenas pelo apelido de Matuto. No dia do crime, informa o assistente de acusação, advogado Elias Cipriano, Chico Porém armou uma emboscada e assassinou Edilson Virgulino Neto, que apenas tinha ido fazer uma “corrida” e deixar Tica Verdureira em casa.

O acusado fugiu e somente foi preso onze dias depois após intensa investigação da Polícia, comandada pelo então delegado de Santana do Piauí, Cipriano Mourinha. Em depoimento, Chico Porém ainda tentou negar o crime, mas acabou confessando a autoria e justificou na época que matou o mototaxista por ciúmes da amante, Tica Verdureira.

Preso e recambiado para a Penitenciária Regional “José de Deus Barros”, em Picos, Chico Porém ficou menos de seis meses recolhido e, por atraso na conclusão da denúncia, foi autorizado a responder ao processo em liberdade. Logo em seguida ele foi morar em São Paulo com a amante Tica Verdureira.

Julgamento

De acordo com o assistente de acusação, advogado Elias Cipriano, a família da vítima aguarda com expectativa o julgamento e espera que seja feita justiça. Os familiares e amigos do mototaxista Edilson acreditam que Chico Porém será condenado a pelo menos 20 anos de prisão em regime fechado.

“Trata-se de um crime hediondo, praticado com requintes de crueldade, cometido de forma traiçoeira e sem dá chances de defesa para a vítima. O réu disparou vários tiros de revólver calibre 38 contra Edilson e depois utilizou um objeto cortante para produzir várias outras lesões. É preciso que a justiça seja feita e nossa expectativa é de que ele seja condenado a, no mínimo, vinte anos de prisão, pois é acusado de homicídio duplamente qualificado” – previu o assistente de acusação, advogado Elias Cipriano.

Repercussão

Devido à brutalidade, na época o crime teve ampla repercussão em Picos e região. Foi manchete nos jornais locais e alvo de diversas matérias nas emissoras de rádio. A vítima na época tinha apenas 28 anos de idade, era casada e pai de um filho de três anos, hoje já adolescente.

Fonte: José Maria Barros – Jornal de Picos

A notícia Acusado de assassinar mototaxista de Picos vai a Júri Popular apareceu primeiro em PORTAL RIACHAONET – O Portal de notícias da macrorregião de Picos.



Fonte

Publicidade 6
LER MATÉRIA COMPLETA
Publicidade 7

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close