Publicidade 3
Riviera 970×120
Fiat Jelta – 970×120
Polícia

Comandante revoga portaria que atribui investigação de crimes à PM

Publicidade 5

Comandante-geral da Polícia Militar coronel Carlos Augusto



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Durante a aula inaugural do curso de formação de soldados da Polícia Militar do Piauí na manhã desta segunda-feira (08), o comandante da PM, coronel Carlos Augusto, anunciou a suspensão da portaria que atribui à polícia militar as investigações de crimes contra a vida cometidos por policiais militares. A medida será adotada até uma avaliação da Procuradoria Geral de Justiça.

O anúncio encerra a polêmica em torno das competência entre a PM e a polícia civil, que iniciaram duas investigações paralelas referentes ao caso de Emilly, de 9 anos, morta com dois tiros no tórax, durante uma abordagem policial na zona Leste de Teresina no dia Natal, em 25 de dezembro.

Comandante Geral da Pm do Piauí

Comandante Geral da Pm do Piauí

O policial, que segundo a investigação seria o autor dos tiros, foi reprovado no teste psicotécnico e só conseguiu entrar na corporação por conta de uma liminar da justiça. Ele fazia policiamento nas ruas desde 2010. Os policiais envolvidos – o soldado Aldo Luis Barbosa Dornel e o cabo Francisco Benício Alves – foram presos em flagrante e devem responder por homicídio doloso, tentativa de homicídio e fraude processual.

A polícia também investiga se a cena do crime foi alterada. O pai que dirigia o veículo, o cantor Evandro Costa, 31 anos, também foi atingido com um tiro na cabeça, está com uma bala alojada na cabeça e perdeu a audição do ouvido esquerdo. Daiane Caetano, de 26 anos, a mãe, recebeu um tiro no braço.



(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Fonte: Meio Norte

A notíciast Comandante revoga portaria que atribui investigação de crimes à PM apareceu primeiro em PORTAL RIACHAONET – O Portal de notícias da macrorregião de Picos.



Fonte

Publicidade 6
LER MATÉRIA COMPLETA
Publicidade 7

Notícias Relacionadas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close